Fluxo de Caixa Integrado ao ERP

As empresas estão cada vez mais percebendo as inúmeras vantagens do controle do fluxo de caixa integrado a um sistema de gestão. Uma delas é contar com uma única plataforma com a centralização de todas as suas informações. 

Pois o fluxo de caixa fica mais dinâmico, estando sempre atualizado e em tempo real. A empresa obtém melhorias em produtividade e consegue otimizar a gestão financeira. 

Nesse artigo, você vai encontrar uma explicação sobre a importância do fluxo de caixa integrado com o ERP para sua empresa. Assim, como as inúmeras vantagens que são obtidas pela empresa ao optar por essa ferramenta de gestão integrada.

O que é fluxo de caixa 

O fluxo de caixa deve ser entendido como uma ferramenta de controle gerencial. Uma vez que os gestores necessitam acompanhar a movimentação do capital da empresa. Ou seja, como os recursos estão sendo gastos e com qual finalidade.  

Além disso, é uma necessidade da gestão ter uma previsão de entradas e saídas de recursos em uma determinada periodicidade. Pois só assim é possível planejar as atividades e determinar as metas estratégicas da empresa.

A partir do controle do fluxo de caixa o gestor pode obter respostas para os seguintes aspectos da empresa:

  • Qual a disponibilidade de recursos para o curto, médio e longo prazo? 
  • Em que prazo ocorreram os pagamentos dos clientes?
  • É possível oferecer mais prazos aos clientes?
  • Existe a necessidade de renegociar prazos com os fornecedores?
  • Tem necessidade de recursos de terceiros para financiar as atividades operacionais?
  • Qual o capital disponível atualmente que a empresa possui?

Importância do fluxo de caixa integrado para a empresa

Uma das atividades de grande importância para a gestão financeira da sua empresa é o controle eficiente do fluxo de caixa. Muitas empresas ainda fazem esse controle através de planilhas eletrônicas e/ou de forma manual. 

No entanto, essa tem sido uma forma trabalhosa e muito demorada. Pois a realização dos registros e análise das informações de modo gerencial deixam muito a desejar. De fato, as empresas não estão conseguindo manter esses registros de forma criteriosa e diária.

Para um controle satisfatório da movimentação de capital é preciso que as informações sejam registradas de forma detalhada, padronizada e disciplinada. Pois é desse modo que a empresa consegue obter transparência a respeito dos seus custos e receitas operacionais.

Atualmente, o ERP é uma das ferramentas mais assertivas para integrar todas as áreas da sua empresa e automatizar os processos. Sendo que consegue eliminar as possibilidades de erros e a necessidade de retrabalho. 

O ERP enquanto um sistema integrado de gestão possibilita o controle do fluxo de caixa de forma a otimizar as informações gerenciais. Desse modo, torna-se um diferencial para uma gestão competitiva e em tempo real para a sua empresa.

Vamos explicar as vantagens da integração do fluxo de caixa com o ERP, sendo elas:

Integração das diversas áreas da empresa 

O ERP é um sistema que tem por objetivo fazer a Integração de todos os setores de uma empresa. Assim, realiza esse processo a partir da centralização dos procedimentos em apenas uma plataforma.  

Desse modo, a empresa passa a ter o controle de todas as informações integradas de todas as áreas. Como a centralização é realizada de forma segura, a sua empresa adquire condições para gerenciar o funcionamento e desenvolvimento com eficiência e qualidade. 

Além disso, a integração das áreas da empresa com o ERP gera o aumento de produtividade das equipes e a redução dos custos. Assim como, facilita a tomada de decisão dos gestores por oferecer informações gerenciais atualizadas e em tempo real.

Realização de uma projeção mais consistente do fluxo de caixa 

O controle de fluxo de caixa a partir de um sistema de gestão integrado oferece várias informações para a gestão empresarial. Uma delas, de grande importância, é identificada como Fluxo de Caixa Projetado, sendo:

  • Montante que a empresa deve pagar nos próximos dias semanas ou meses;
  • Valores da empresa receberá em datas futuras;
  • Somatório dos valores depositados nas contas correntes dos bancos.

Com base nesse fluxo de caixa e no histórico das movimentações, o gestor tem como avaliar se terá condições de arcar com as obrigações nos próximos meses. 

Desse modo, percebendo a fragilidade do fluxo de caixa futuro poderá tomar providências para antecipar uma solução. Nesse sentido, a empresa pode investir em novos produtos ou serviços e/ou reduzir custos.

Monitoramento das movimentações financeiras 

O ERP permite que a empresa tenha um controle mais preciso do fluxo de caixa. Com isso a sua empresa consegue ter informações para negociar de uma maneira mais vantajosa com os fornecedores.

Outro ponto importante é o monitoramento que a empresa consegue realizar sobre os impactos da folha de pagamento. Pois, a gestão integrada permite que a sua empresa acompanhe as pressões e gerencie com antecipação as ocorrências.

O ERP facilita também o controle das contas a pagar com a emissão de alertas nas datas de vencimentos das despesas classificadas e categorizadas previamente. Desse modo, já indica a posição em termos de fluxo de caixa para realizar o pagamento.

Maior transparência das informações gerenciais 

Com a utilização do sistema ERP a empresa passa a trabalhar com maior transparência das informações extraídas dos relatórios gerenciais. Uma vez que é possível monitorar os níveis de estoque diariamente a partir da otimização oferecida pelo ERP.

Além disso, a empresa consegue monitorar as remessas futuras e o estoque em trânsito. Com isso se torna muito mais eficiente o controle do capital de giro da empresa, pois trabalha com uma previsão de fluxo de caixa mais eficiente e próxima da realidade.  

Aumenta o nível de proteção e segurança das informações 

O sistema ERP permite à empresa gerenciar o acesso dos usuários às informações alocadas na plataforma. Ou seja, os gestores podem estabelecer níveis de acesso e controlar os funcionários que podem visualizar e editar determinados níveis.

É importante destacar que o sistema permite o armazenamento das informações com segurança de modo a serem facilmente recuperadas.

Portanto, a empresa ao realizar o controle do fluxo de caixa de forma integrada, com uma ferramenta de gestão como o ERP, está obtendo condições para elevar a sua produtividade e otimizar os processos operacionais.

Link Sebrae modelo planilha fluxo caixa 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *